segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Oração aos concorrentes

 
 

"Benditos sejam os meus concorrentes

Que me fazem levantar cedo e me render mais o dia

Que me obrigam a ser mais atencioso, competente e correto

Que me fazem avivar a inteligência para melhorar meus produtos e meus serviços

Que me impõem a atividade, pois, se não existissem, eu seria lânguido,

incompetente e retrógado

Que não dizem minhas virtudes e gritam bem alto meus defeitos e, assim, posso me corrigir

Que quiseram arrebatar-me o negócio, forçando-me a me desdobrar para

conversar o que tenho

Que me fazem ver cada cliente um homem a quem devo servir, e não explorar,

o que faz de cada um meu amigo

Que me fazem tratar humanamente meus vendedores, para que se sintam parte da minha empresa e, assim, vendam com mais entusiasmo

Que provocaram em mim o desejo de me superar e melhorar meus produtos

Que por sua concorrência me converti em um fator de progresso e

prosperidade para o meus país

Salve, concorrentes, eu os saúdo...

Que o Senhor lhes dê vida longa."

 
 

Attilio Fontana

Fundador da Sadia